Abril, mês de conscientização sobre a segurança e saúde no trabalho

O mês de abril é marcado pelo movimento conhecido por Abril Verde, a fim de conscientizar sobre a segurança e a saúde no trabalho. Dia 28 de abril é reconhecido como Dia Mundial da Saúde e Segurança no Trabalho, de acordo com a lei 11.121/2005.

No Brasil, a cada ano, cerca de 700 mil pessoas sofrem acidentes de trabalho, que envolvem lesões sérias, ferimentos e até mortes. Por isso, a prevenção de acidentes é fundamental para manter a saúde do empregado e a segurança do ambiente.

Leia também: Como começar um hábito saudável?

A campanha Abril Verde adota como objetivos ações que busquem a garantia da saúde, segurança e a integridade física dos trabalhadores, através de melhores condições de trabalho:

  • Avaliar riscos e comportamentos dentro e fora do trabalho;
  • Conscientizar sobre a saúde e segurança no ambiente de trabalho;
  • Promover uma cultura de prevenção, com busca de soluções para melhor qualidade de vida no trabalho;
  • Promover ações educativas e orientações que fomentem a prevenção e o cuidado.

ADOTE BOAS PRÁTICAS DE PREVENÇÃO:

Deste modo, práticas de conscientização devem ser adotadas por empresas e empregados, com o objetivo de garantir o bem-estar e a integridade de toda a equipe.

  1. Atenção no trabalho: a atividade precisa ter foco, especialmente em cargos que envolvam riscos. Adotar regras e evitar distrações, fortalecem a proteção do trabalhador.
  2. Evite a imprudência: muitos casos podem acontecer por imprudência do trabalhador, seja por falta de equipamentos e locais protegidos ou mesmo por uma má orientação.
  3. Mantenha a organização e limpeza: descuidos se juntam à intensidade da rotina do trabalho, o que pode ser perigoso. Portanto, cuidados simples, de limpeza e organização do ambiente fazem toda a diferença.
  4. Use de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs): toda empresa é obrigada a fornecer (EPIs), necessários para a segurança da atuação. Inclusive, é importante os documentos de registro de entrega dos equipamentos e o uso correto por parte dos colaboradores.

Leia também: Hábitos que previnem a incontinência urinária

Fonte: CheckList Fácil | Fiocruz