Interferência dos hormônios na vida das mulheres

Os hormônios fazem parte da vida e podem alterar drasticamente vários aspectos da nossa saúde quando não estão nos níveis corretos. As mulheres passam por diversas fases hormonais conforme sua idade, gestações e problemas de saúde que possam surgir. Como se manter saudável e cuidar do bom funcionamento hormonal em todos os momentos?

FATORES INTERNOS E EXTERNOS

Alguns fatores tendem a influenciar diretamente o modo como os hormônios se comportam no nosso corpo. Quando falamos de fatores internos, o sistema hormonal feminino é o principal responsável por equilibrar as alterações corporais.

Leia também Quais são os riscos da gravidez tardia?

Quando o sono, o humor, a menstruação e o peso estão desbalanceados, uma das razões pode estar relacionada aos hormônios. O desequilíbrio emocional também sinaliza a existência de possíveis disfunções que acarretam, entre outras coisas, a perda de libido.

BOM FUNCIONAMENTO DOS HORMÔNIOS

Os ovários são uma das partes do corpo responsáveis por produzir dois hormônios importantes, o estrogênio e a progesterona. Esses são os hormônios regulam os ciclos menstruais e qualquer alteração nessa parte precisa de investigação médica e diagnóstico.

Os calores e sintomas provenientes de alterações hormonais fazem parte da vida das mulheres, mas devem ser acompanhados por um médico.

Quando há irregularidades no estrogênio e na progesterona, identificar essa anormalidade é essencial para nortear a necessidade ou não de reposição hormonal ou outros tratamentos a serem feitos.

MUITAS FASES HORMONAIS

É por conta das alterações dos hormônios que as mulheres costumam passar por fases distintas orgânicas e emocionais todos os meses. Durante essas mudanças, cada mulher terá um tipo de reação e pode ficar mais sensível ou estressada, principalmente no período pré e pós-menstrual, a famosa TPM.

TENSÃO MENSTRUAL É CULPA DOS HORMÔNIOS?

O desequilíbrio hormonal durante a fase reprodutiva é comum em muitas mulheres. Apesar se ser sintomática e ter efeito direto na qualidade dos dias das mulheres, esse tipo de alteração não afeta órgãos específicos.

Quando a mulher adentra o período da menopausa, na faixa dos 45 anos, as alterações corporais serão outras e os níveis de estrogênio diminuem significativamente. Com menos produção de estrogênio, pode haver diminuição da libido, ressecamento da pele, mucosas e perda de massa óssea, favorecendo a osteoporose.

Leia também Medicamento Genérico ou Similar: você sabe a diferença?

TRATAMENTOS E PRECAUÇÕES

Para melhorar as sensações e os sintomas, a reposição hormonal é uma saída, desde que supervisionada com prescrição médica. Há muitos riscos para a mulher estar sem acompanhamento adequado, pois a incidência da eventos tromboembólicos e câncer de mama aumentam. É preciso se precaver.

Cuide dos seus hormônios para se manter saudável durante toda a vida. Veja nossas ofertas para sua saúde clicando aqui.

 

Fontes: Agência Saúde | Blog da Saúde – Ministério da Saúde | Hospital Albert Einstein